Como Decidir qual Tecnologia de Conectividade é a Adequada para seu Caso de Uso de IoT?

Como Decidir qual Tecnologia de Conectividade é a Adequada para seu Caso de Uso de IoT?

A resposta parece simples: Custo x Benefício

Mas tendo em mente todas as tecnologias de conectividade disponíveis, essa simples “equação” pode se tornar uma enorme dor de cabeça.

Digo isso porque cada tecnologia tem um custo específico e cada tecnologia tem também um ou vários benefícios, direta e indiretamente interligados ao caso de uso em questão.

Então, com tantas variáveis a análise de Custo x Benefício de cada tecnologia de Conectividade ainda se faz necessária e eficaz?

Felizmente SIM e essa deve ser a primeira análise a ser feita quando se tem um caso de uso em mente.

A tecnologia de conectividade é que vai influenciar o desenvolvimento ou a escolha de um dispositivo e como há várias opções de tecnologia de conectividade, é possível que seja necessário testar mais de uma.

A proposição então é primeiro conhecer bem o caso de uso, falar com pessoas experientes nesse caso de uso e também com potenciais compradores. Tanto os experts como os compradores podem dar informações essenciais para a montagem do custo máximo da solução e também em relação aos benefícios esperados.

 

É bastante recomendável se dedicar com afinco ao caso de uso, conversar bastante antes de definir a solução ou haverá um grande risco da solução ser fantástica e perfeita do ponto de vista técnico, porém não vendável.

Outra dica, não entre na briga das tecnologias. Não existe uma tecnologia de conectividade que seja a ideal para todos os casos de uso de IoT.

O IoT é uma realidade mundial exatamente porque se propõe a atender todos os casos de uso e cada caso de uso tem suas particularidades que precisam ser consideradas para a definição adequada da conectividade que seja viável quando considerado os benefícios e os custos.

OK, considerando que foi finalizada a discussão com experts e compradores, o que faço agora?

 

Agora então podemos dividir as tecnologias primeiramente em benefícios e depois em custo, por uma razão muito simples: Possivelmente e provavelmente alguns compradores responderam quanto ao custo a célebre frase: “O menor possível!”

Chegamos num momento então que necessitamos entrar em detalhes bastante específicos de um caso de uso para avaliar os benefícios esperados, porém ao invés de dar um exemplo de caso de uso, que seria o mais normal num artigo desse tipo, eu tenho uma outra sugestão que vai ser mais interessante e importante no momento e futuramente faço outro artigo específico para um determinado caso de uso – inclusive peço que deixe no campo final deste artigo seu comentário que tipo de caso de uso você gostaria que eu escrevesse.

A sugestão de hoje é mapear os principais benefícios gerais, aplicáveis em vários casos de uso, porém importantes e impactantes no desenvolvimento ou escolha do dispositivo e apontar as tecnologias que atendem esses benefícios.

Dessa maneira temos um método simples e eficaz para filtrar a mais recomendada tecnologia de conectividade para o seu caso de uso.

Como possivelmente quem será incumbido de fazer essa análise será uma pessoa mais técnica, creio que uma tabela de valor seria mais interessante do que blocos interligados.

Podemos somar os benefícios de cada tecnologia de conectividade para o seu caso de uso, somando os benefícios mais importantes e definindo a tecnologia que mais se aplica.

Para simplificar ainda mais, recomendo que cada benefício tenha o mesmo valor nesse momento que não estamos considerando um caso de uso específico mas com o necessário conhecimento do caso de uso a recomendação é que se altere o valor dos benefícios de 1 para 2 ou 3, de forma a reconhecer os benefícios que são mais importantes para o seu caso de uso.

Anexo 1: Tabela 1, Seleção da Tecnologia de Conectividade sem fio que melhor atende seu caso de uso IoT

 

Nota: Os benefícios são atrelados às principais tecnologias de conectividade que temos comercialmente no momento, porém existem trabalhos em andamento que podem vir a modificar e potencializar tecnologias existentes e até mesmo criar novas tecnologias de conectividade. Por isso, quero deixar registrado que esta tabela tem que ser considerada como dinâmica e passível a mudanças, alterações e correções.

 

Custo x Benefício definidos, agora vamos montar o device adequado para o seu caso de uso?

Como todo ecossistema o IoT também é composto de muitos atores, mas neste momento de definição da tecnologia de conectividade podemos nos concentrar somente nos atores relativos ao desenvolvimento de um Dispositivo que são:

  1. Custo do módulo de comunicação (ver: Tabela 1, itens J,K e L)
  2. Capacidade do módulo de comunicação (ver: Tabela 1, itens M e N)
  3. Atenção! Se o caso de uso será exportado ou o dispositivo transitará em outros países é muito importante escolher o módulo de comunicação que suporta as frequências aprovadas que a tecnologia escolhida usa nesses países de interesse.
  4. Fabricação e suporte Nacional ou apenas no exterior (Custos de Importação)
  5. Leitor SIM (Ver: Tabela 1, itens H e I), custo adicional na montagem do Dispositivo.
  6. Tamanho e custo da bateria (Ver:Tabela1, itens A,B e C), impacto direto no tamanho final do Dispositivo.
  7. Tipo de caixa/capa/invólucro do dispositivo. Nota: quanto maior e mais resistente, mais caro e complexo de encontrar. Fazer um molde específico incrementa muito o custo final do device.
  8. Antena: dependendo da(s) frequência(s) escolhida(s) o auxílio de um expert em antenas é recomendado, mesmo que seja uma antena pronta, pois Antena é o ponto nevrálgico de todo device devido ao casamento de impedâncias.

 

Custo x Benefício definidos, agora vamos montar o device adequado para o seu caso de uso?
Mãos à obra.

Você pode voltar aqui e me contar o resultado do seu estudo e planejamento.
Tabela 1 Tecnologia x Características:

 

Custo x Benefício definidos, agora vamos montar o device adequado para o seu caso de uso? Mãos à obra. Você pode voltar aqui e me contar o resultado do seu estudo e planejamento. Tabela 1 Tecnologia x Características:

Para aprofundar mais o tema, recomendo ler sobre Custos Escondidos em: https://tudosobreiot.com.br/hidden-costs/

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Classifique:
5/5

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

congresso Tudo sobre IoT

Internet das Coisas

O IoT tem como objetivo permitir uma melhor relação entre o mundo físico (as coisas), o mundo biológico (nós) e o mundo digital (a computação).

Inscreva-se em nossa newsletter