Robô controlado por voz via WiFi

Robô controlado por voz via WiFi

Em meu último tutorial: Controle ativado por voz com Android e NodeMCU, exploramos como desenvolver nossa própria App em um smartphone Android para controlar localmente (usando botões ou voz) dispositivos domésticos inteligentes. Que tal agora, em vez de dispositivos domésticos controlarmos motores? E melhor ainda, que tal ter esses motores movendo um robô? Pois isso, é exatamente o que desenvolveremos aqui, um robô controlado por voz via WiFi e utilizando como microcontrolador nosso velho amigo, o NodeMCU!

O diagrama de blocos abaixo nos dá uma geral sobre o projeto que desenvolveremos aqui:

diagrama de blocos

E o filme nos mostra como ficará o projeto:

Por favor, considere que um de meus motores estava com muito pouco torque. Apesar de o resultado parecer estranho, o projeto funciona a contento. Assim que mudar o motor, atualizarei o vídeo. Obrigado.

https://www.youtube.com/watch?v=UQeTC4ZxvhA.

1: Lista de materiais (BoM)

Valores em USD, apenas para referência.

  1. NodeMCU ESP8266-12E ($8.79)
  2. 400-point Experiment Breadboard Breadboard ($ 4.97)
  3. H-Bridge L293D ($2.17)
  4. Motor Robot Car Chassis Kit ($13.00)
  5. Male-Female Dupont Cables ($1.00)
  6. Portable Charger 5VDC 3000mAh Power Bank ($10.00)
  7. Bateria 9V DC

….. e qualquer telefone ou tablet Android!

 

2: A Ponte-H L293D

Ponte-H L293D

Para “drivar” os motores usaremos o L293D.

De acordo com seu Datasheet, o L293D é um controlador do tipo half-H quádruplo de alta corrente. O L293D foi projetado para fornecer correntes bidirecionais de até 600 mA em tensões variando de 4,5 V a 36 V.

Usaremos o CI L293D diretamente com o NodeMCU, em vez de um Shield, como se vê mais comumente em projetos no mercado.

Pois bem, nosso robô terá duas rodas, acionadas por 2 motores DC:

  • Motor esquerdo (LEFT)
  • Motor direito (RIGHT)

CI L293D

Ligaremos os motores ao L293D e este ao NodeMCU, como mostra o diagrama em blocos anterior, onde 6 de seus GPIOs comandarão esses motores.

int rightMotor2 = 13;   // D7 – right Motor –

int rightMotor1 = 15;   // D8 – right Motor +

int leftMotor2 = 0;     // D3 – left Motor –

int leftMotor1 = 2;     // D4 – left Motor +

int eneLeftMotor = 12;  // D6 – enable Motor Left

int eneRightMotor = 14; // D5 – enable Motor Right

Por exemplo, para mover o robô para a frente,  girando o motor esquerdo (LEFT) no sentido apropriado, você deve colocar:

  • HIGH no pino D4 (motor esquerdo +) e
  • LOW no pino D3 (motor esquerdo -)

Para o motor direito (RIGHT) você deve fazer o oposto:

  • HIGH no pino D8 (motor direito +) e
  • LOW no pino D7 (motor esquerdo -)

pino D7 pinoD8

Devido à maneira como meus motores são montados, a combinação acima irá girar ambos motores no mesmo sentido, “empurrando” o robô para a frente.

“empurrando” o robô para a frente

O diagrama acima define (ou melhor, convenciona) como o robô deverá se mover. Isso é importante para a definição adequada de suas variáveis.

Para controlar a H-Bridge corretamente, você também deverá trabalhar com os pinos de habilitação (“enable”). No exemplo anterior onde o robô se move para a frente, além dos 4 GPIOs discutidos, o robô só funcionaia se os pinos de habilitação (eneLeftMotor e eneRightMotor) estiverem ambos em HIGH. Você poderá conectar esses pinos do L293D (1 e 9) diretamente a + VCC e esquecê-los. Eu não gosto disso, porque se voce necessita por exemplo, parar rapidamente seu robô, esses pinos deveriam estar em necessariamente em LOW. Além disso, associar os pinos de habilitação a saídas PWM do NodeMCU, permitirá também controlar a velocidade do motor. Em nosso exemplo, usaremos estes pinos apenas com valores digitais tais como HIGH e LOW, o que ajustará a velocidade para MAX e ZERO, respectivamente.

Asim, para se criar uma função que conduza nosso robô para a frente, devemos escrever um código como este:

void forwardMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,HIGH);

digitalWrite(eneRightMotor,HIGH);

 

digitalWrite(leftMotor1,HIGH);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,HIGH);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

3: Movendo o robô em outras direções

Na etapa anterior, aprendemos como podemos mover o robô para a frente, pensemos agora como movê-lo em outras direções.

Definamos 5 possíveis comandos:

  1. STOP: Pare
  2. LEFT: Vire à esquerda
  3. RIGHT: Vire à direita
  4. REVERSE: Dê marcha à ré
  5. FORWARD: Vá para a frente

O primeiro comando “STOP” é simples de realizar. Todas as entradas da H-Bridge devem estar em LOW, desta forma os motores não se moverão:

void stopMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,LOW);

digitalWrite(eneRightMotor,LOW);

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

Da mesma forma pensemos em fazer o robô tomar outra direção, digamos que “virar à ESQUERDA”. Considere que o robô está indo para a frente, se queremos virar à esquerda podemos pensar em duas situações:

  1. Parar o motor ESQUERDO, mantendo o motor DIREITO no sentido a frente (Forward): o robô executará uma trajetória de arco para a esquerda
  2. Inverter o sentido do motor ESQUERDO, mantendo o motor DIREITO no sentido a frente (Forward): o robô irá girar sobre seu eixo para a esquerda.

Implementemos o caso 2 acima:

void leftMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,HIGH);

digitalWrite(eneRightMotor,HIGH);

 

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,HIGH);

digitalWrite(rightMotor1,HIGH);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

Os demais comandos seguirão a mesma lógica, como ilustra a tabela abiaxo:

comandos

 

4: Completando o HW

Completando o HW

Siga o diagrama acima e complete o HW de seu Robô.

Você poderá executar alguns testes simples para verificar que seu código está OK.  Para isto, introduziremos um “botão” para iniciar o seu robô. Vamos instalá-lo na porta D0 do NodeMCU como mostrado no diagrama elétrico anterior.

Você poderá utilizar o programa abaixo para testar os movimentos de seu robô:

// Set Motor Control Pins

int rightMotor2 = 13;    // D7 - right Motor -

int rightMotor1 = 15;    // D8 - right Motor +

int leftMotor2 = 0;    // D3 - left Motor -

int leftMotor1 = 2;    // D4 - left Motor +

int eneLeftMotor = 12;  // D6 - enable Mortor Left

int eneRightMotor = 14; // D5 - enable Mortor Right

int buttonPin = 16; // D0

void setup()

{

Serial.begin(115200);

pinMode(buttonPin, INPUT_PULLUP);

pinMode(eneLeftMotor, OUTPUT);

pinMode(eneRightMotor, OUTPUT);

pinMode(leftMotor1, OUTPUT);

pinMode(leftMotor2, OUTPUT);

pinMode(rightMotor1, OUTPUT);

pinMode(rightMotor2, OUTPUT);

digitalWrite(eneLeftMotor,LOW);

digitalWrite(eneRightMotor,LOW);

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

 

while (digitalRead(buttonPin))  // Wait for button to be pressed to move on

{

}

}

void loop()

{

forwardMotor();

delay (5000);

stopMotor();

digitalWrite(leftMotor1,HIGH);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,HIGH);

}

/* command motor stop */

void stopMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,LOW);

digitalWrite(eneRightMotor,LOW);

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

delay (200);

leftMotor();

delay (3000);

digitalWrite(leftMotor1,HIGH);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,HIGH);

}

/* command motor stop */

void stopMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,LOW);

digitalWrite(eneRightMotor,LOW);

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

stopMotor();

delay (200);

forwardMotor();

delay (5000);

stopMotor();

delay (200);

rightMotor();

delay (3000);

stopMotor();

delay (200);

reverseMotor();

delay (5000);

stopMotor();

delay (200);

}

/* command motor forward */

void forwardMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,HIGH);

digitalWrite(eneRightMotor,HIGH);

 

digitalWrite(leftMotor1,HIGH);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,HIGH);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

/* command motor backward */

void reverseMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,HIGH);

digitalWrite(eneRightMotor,HIGH);

 

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,HIGH);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,HIGH);

}

/* command motor turn left */

void leftMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,HIGH);

digitalWrite(eneRightMotor,HIGH);

 

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,HIGH);

digitalWrite(rightMotor1,HIGH);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

/* command motor turn right */

void rightMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,HIGH);

digitalWrite(eneRightMotor,HIGH);

digitalWrite(leftMotor1,HIGH);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,HIGH);

}

/* command motor stop */

void stopMotor(void)

{

digitalWrite(eneLeftMotor,LOW);

digitalWrite(eneRightMotor,LOW);

digitalWrite(leftMotor1,LOW);

digitalWrite(leftMotor2,LOW);

digitalWrite(rightMotor1,LOW);

digitalWrite(rightMotor2,LOW);

}

Quando você pressionar o botão, o robô começará a fazer os movimentos definidos no loop (). Os movimentos continuarão até que você pressione “Reset” no NodeMCU. Pressionando o botão “verde” novamente, o ciclo se repetirá.

O código acima poderá ser baixado de meu GitHub:

WiFi_Robot_NodeMCU_Android_Voice_Motor_tests

 

5: Montando o corpo do robô

  1. Use o Kit: Chassis, 2 Rodas, 2 Motores DC, 1 roda solta (coaster)
  2. Solde 2 fios de 10 cm (Vermelho e Preto) em cada polo do motor
  3. Fixe os motores ao chassi como mostrado na foto acima
  4. Monte o coaster
  5. Conecte os fios do motor à eletrônica (L293D)
  6. Fixe a bateria de 9V ao chassi
  7. Fixe a bateria de 5V sob o chassi

O robô deverá ficar com essa cara:

cara do robô

 

6: Conectando o NodeMCU ao seu WiFi local

Conectemos o NodeMCU ao WiFi local, verificando seu endereço IP. Para isso, podemos utilizar o programa abaixo:

#include

WiFiClient client;

WiFiServer server(80);

const char* ssid = "YOUR SSID";

const char* password = "YOUR PASSWORD";

void setup()

{

Serial.begin(115200);

connectWiFi();

server.begin();

}

void loop()

{

}

/* connecting WiFi */

void connectWiFi()

{Se ocorrer um erro, por exemplo, quando você diz um comando de voz não reconhecido pelo NodeMCU, o bloco acima irá gravar os detalhes do erro na última linha (Comm_Status) do App, conforme mostrado abaixo:Se ocorrer um erro, por exemplo, quando você diz um comando de voz não reconhecido pelo NodeMCU, o bloco acima irá gravar os detalhes do erro na última linha (Comm_Status) do App, conforme mostrado abaixo:

Serial.println("Connecting to WIFI");

WiFi.begin(ssid, password);

while ((!(WiFi.status() == WL_CONNECTED)))

{

delay(300);

Serial.print("..");

}

Serial.println("");

Serial.println("WiFi connected");

Serial.println("NodeMCU Local IP is : ");

Serial.print((WiFi.localIP()));

}

No monitor serial voce poderá observar o endereço IP dinâmico  designado pelo Modem ao seu NodeMCU.

NodeMCU ao seu WiFi local

Tome nota deste endereço de IP. Precisaremos dele para conectar o App Android.

O código acima poderá ser baixado de meu GitHub:

NodeMCU_Connection_Test_EXT

 

7: Completando o código fonte para o NodeMCU

Para que nosso robô se mova, o NodeMCU deverá receber comandos provenientes do dispositivo Android. Para tal, definamos uma variável para receber estes comandos:

String  command ="";

Por exemplo, se a aplicação Android enviar como um comando: “forward” (a frente), o robô deverá avançar, invocando-se a função forwardMotor(). Veja abaixo:

if (command == "forward")

{

forwardMotor();

}

O mesmo conceito deverá ser aplicado a todo os demais comandos e funções associadas tal como vimos no item 4:

  1. STOP: Pare
  2. LEFT: Vire à esquerda
  3. RIGHT: Vire à direita
  4. REVERSE: Dê marcha à ré
  5. FORWARD: Vá para a frente

Baixe o código completo: WiFi_Robot_NodeMCU_Android_Voice_EXT de meu GitHub.

<strong>Entre com as credenciais de sua rede local:</strong>

<strong>const char* ssid = "YOUR SSID";</strong>

<strong>const char* password = "YOUR PASSWORD";</strong>

Carregue o código em seu NodeMCU e pronto! Você poderá verificar no Monitor Serial se o programa está em execução. Deixe o programa em execução para podermos testar o o aplicativo a ser desenvolvido na próxima etapa.

 

8: A App Android : “Designer Tab”

A App Android : “Designer Tab”

Usaremos o MIT App Inventor para o desenvolvimento de nossa App Android.

Principais componentes da Screen 1 (veja a foto anterior):

  • User Interface:
    Input of IP Address
    TextBox named “IP_Address”
  • 5 Command Buttons:
    forward
    reverse
    right
    left
    stop
    Voice Input Button
    Voice_Input
  • Non Visible Components:
    Web1
    SpeachRecognizer1
    TextToSpeach1
  • Other:
    Text Box:
    Speach_To_Text
    Label:
    Comm_Status

App Android

 

9: A App Android: Botões

A App Android: Botões

Na Tab “Blocks”, deveremos criar 5 Botões, um para cada comando. Todos eles seguirão a estrutura dos blocos acima.

Estes blocos serão chamados quando o botão “forward” (“botão com a seta para cima”) é pressionado.

Quando você clicar no botão, 3 ações serão executadas:

  1. Um comando será enviado no formato: http: / ip_address * / forward
  2. Um “eco” no mesmo formato é esperado
  3. Uma “mensagem” audível será executada pela App: no caso: “forward”

* O IP_Address será a que você digitar no seu App. Por exemplo, se o IP address é 10.1.0.3, a mensagem completa seria: http: /10.0.1.3/forward

Você poderá utilizar qualquer mensagem, ou até mesmo deixar a mensagem vazia.

 

10: A App Android: Reconhecimento de voz

Reconhecimento de voz

Os blocos acima mostram o código de reconhecimento de voz para o nosso aplicativo.

Note que, para qualquer comando de voz inserido, o resultado será um comando em letras minúsculas. Isso facilitará a descodificação do comando pelo NodeMCU.

Por exemplo, se você deseja mover o robô para a frente, uma palavra ou sentença deverá ser enviada para ser interpretada pelo NodeMCU. No exemplo abaixo, o código reconheceria qualquer uma das palavras: “forward”, “frente” ou “a frente “.

if (command == "forward" || command == "frente" || command == "a frente")

{

forwardMotor();

}

Assim, por exemplo quando digo “frente”, a App enviará : http: / 10.0.1.10/frente e o NodeMCU tomará o que é recebido após o “/”,  a palavra “frente” que será interpretada como um comando do tipo “forward”. Com este comando, a função forwardMotor () será invocada.

 

11: A App Android: Manipulação de erros

Manipulação de erros

Se ocorrer um erro, por exemplo, quando você diz um comando de voz não reconhecido pelo NodeMCU, o bloco acima irá gravar os detalhes do erro na última linha (Comm_Status) do App, conforme mostrado abaixo:

 

12: Teste final

Você poderá criar seu aplicativo passo a passo, como mostrado nas etapas anteriores ou fazer o upload do meu projeto completo (.aia) no MIT App Inventor, modificando-o de acordo a suas necessidades. Além disso, caso você não tenha experiência no desenvolvimento de aplicativos para Android, poderá executar o arquivo .apk diretamente em seu dispositivo Android.

Ambos, os arquivos .aia e .apk podem ser baixados de meu GitHub:

WiFi_Voice_Robot_Ctrl_V2.aia

WiFi_Voice_Robot_Ctrl_V2.apk

O video abaixo mostra alguns testes de motores utilizando-se do App:

 

Conclusão

Como sempre, espero que este projecto possa ajudar outros a encontrarem o seu caminho no emocionante mundo da electrónica, robótica e do IoT!

Verifique o depositário no GitHub para obter os arquivos atualizados:

WiFi-Voice-Controlled-Robot

Saludos desde el sur del mundo!

Até o próximo tutorial!

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Classifique:
5/5

Newsletter IOT

congresso Tudo sobre IoT

Internet das Coisas

O IoT tem como objetivo permitir uma melhor relação entre o mundo físico (as coisas), o mundo biológico (nós) e o mundo digital (a computação).

Eventos

Últimos Videos do Canal

Congresso Online

Industria

Cases IOT

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Webinários

Inscreva-se em nossa newsletter