Quantas plataformas de IoT existem no mercado global?

Segundo o IOT Analytics, são 620 plataformas.

O resultado foi obtido após 5 meses de pesquisa no período de agosto a dezembro de 2019.

Crescimento de 2.4x comparado a 2015.

O que é uma Plataforma IoT?

É uma forma de software modular que permite fácil conexão de dispositivos IoT como forma de entregar valor agregado as funcionalidades por exemplo, gerenciamento de dispositivos remotos, ativação de aplicativos, análises, etc.
As plataformas (geralmente chamadas de Plataforma como Serviço ou PaaS) geralmente oferecem aos usuários vários elementos com liberdade e capacidade de personalizar facilmente soluções de acordo com necessidades.
Vale observar que muitas soluções de software (Software como Serviço ou SaaS) também trazem certos graus de liberdade, e não foram consideradas como plataformas IOT neste estudo da IOT Analytics, pois nesse caso, o SasS tem como objetivo principal fornecer uma aplicação específica ou isolada, tais como sistemas de execução de manufatura, software de monitoramento de condições etc.

O SaaS isolado e não integrado com outras aplicações, é apenas um Software, para ser considerado Plataforma, é necessário a Integração de variados SaaS para atender as variedades das demandas e verticais IOT.

Nesta conta das 620 plataformas IOT, também ficou de fora as plataformas internas de empresa e as que são compatíveis apenas com dispositivos de propriedade restrita de uma empresa ou marca. O motivo é que, neste caso, a plataforma ou seus componentes individuais não estão disponíveis no mercado aberto, onde interessados podem adquirir acesso à plataforma.

As empresas classificadas na pesquisa concentram sua plataforma IOT em pelo menos 1 das 6 camadas de tecnologia que são:

1- Análise avançada
Empresas que oferecem recursos avançados de análise como parte da plataforma
variando do profundo aprendizado de máquina (deep machine learning) à análise preditiva nos fluxos de dados do IoT.

2- Ativação de aplicativo
Empresas que fornecem recursos de ativação de aplicativos como parte da plataforma que
serve para permitir a rápida implantação de uma solução ou serviço de IoT

3- Gerenciamento de dispositivo
Empresas que fornecem recursos de gerenciamento de dispositivos como parte da plataforma para garantir que as “coisas” conectadas estejam funcionando corretamente, executando patches e atualizações para software e aplicativos em execução no dispositivo ou nos gateways de borda.

Confira o vídeo no canal Tudo Sobre IoT sobre soluções Sierra Wireless onde abordamos também a Plataforma Sierra AirVantage que foi classificada nesta categoria no estudo da IOT Analytics (IoT Platforms Competitive Landscape & Database 2020):

4- Conectividade Telco
Empresas que fornecem Recursos de conectividade como parte da plataforma. Por exemplo ativar a conectividade de back-end de dispositivos IoT através de redes de telecomunicações (por exemplo, usando cartões SIM).

Assista o vídeo e confira na prática o exemplo real da Parlacom:

5- Conectividade de ativos / Edge.

Empresas que fornecem recursos de conectividade de ativos / Edge como parte da plataforma. Por exemplo, drivers para conectar dispositivos. Um driver é um componente de software que permite atender aos requisitos de conectividade de um dispositivo, sistema ou outra fonte de dados específica.

6- Armazenamento em nuvem / IaaS
Empresas que fornecem infraestrutura em Cloud como serviço, Cloud escalável,
infraestrutura para armazenamento de dados do dispositivo e um mecanismo de computação para executar cargas de trabalho.

Nota: Uma plataforma IoT pode oferecer soluções através de várias camadas.

Vai aqui uma curiosidade, 2º o Google, até 2004 o termo “iot plataforms” era inexiste.

O mercado para empresas da plataforma IoT NÃO está se consolidando
Apesar de numerosos artigos que circulam na Internet alegando que o mercado da IoT Platform está mostrando sinais de consolidação, a pesquisa mostra que está acontecendo exatamente o oposto: o mercado está se tornando ainda mais fragmentado.

Das 450 empresas da plataforma IoT que entraram na lista do IoT Analytics em 2017, 47 cessaram as operações e 70 foram adquiridas. Dos 70 adquiridos, 22 continuam operando de forma independente. Pode-se pensar que isso reduz o número total de plataformas de IoT para 355.

No entanto, por meio da pesquisa de centenas de sites, apresentações e outros materiais, o IoT Analytics identificou outras 265 plataformas de IoT que atendem à definição de IoT Analytics da plataforma de IoT. Elevando o número total até 620.

Essas empresas adicionais incluem novas startups, bem como plataformas IoT fornecidas por empresas maiores ou joint ventures.

Existem várias razões pelas quais muitos dos pequenos players continuam a sobreviver em um mercado com centenas de concorrentes.

Existem muitos nichos IoT.

Ao se concentrarem em casos ou setores de uso específicos, algumas empresas trazem uma proposta de valor para os clientes que os participantes maiores e mais horizontais não podem.

É fácil se tornar uma empresa de plataforma IoT no papel. Várias empresas parecem ter seguido o caminho de realizar um projeto de software IoT personalizado com um cliente e depois padronizar os elementos dessa solução para comercializá-los como uma plataforma.

Muitos provedores menores são lucrativos. O IOT Analytics conversou com vários fornecedores que às vezes atendem de 5 a 10 clientes com uma equipe de 20 pessoas e são rentáveis. Seus clientes parecem gostar do serviço que estão recebendo, o que nos faz crer que esses players continuem existindo por um bom tempo.

O mercado está se concentrando em torno de alguns fornecedores.

Cenário da empresa IoT Platforms 2016 vs. 2019

Embora o mercado da IoT Platform não esteja se consolidando, certamente está se concentrando em alguns fornecedores importantes. Os 10 principais dos 450 fornecedores em 2017 detinham cerca de 44% da participação de mercado, de acordo com as estimativas da IoT Analytics. Em 2019, estima-se que os 10 principais dos 620 fornecedores detenham 58% de participação de mercado.

As empresas de nuvem AWS e Microsoft se destacam particularmente. Ambas as empresas adicionaram enormes recursos às suas ofertas de plataforma IoT desde 2017. Naquela época, suas ofertas de plataforma IoT eram extremamente limitadas. Em abril de 2018, a Microsoft comprometeu um investimento de US $ 5 bilhões em sua oferta de IoT. Os investimentos parecem ter começado a render já. Ambas as empresas estão classificadas muito bem na lista das 10 principais plataformas de IoT por receita e também dominam a satisfação do usuário final das plataformas de IoT .

Deve-se notar que existem algumas grandes empresas multinacionais conhecidas que não conseguem acompanhar o ritmo do mercado e, portanto, parecem estar ficando para trás. Em vez de sair do mercado, algumas dessas empresas estão retraindo silenciosamente o marketing da IoT Platform e usando a tecnologia de plataforma existente para criar seus próprios aplicativos de software IoT (SaaS), por exemplo, concentrando-se em aplicativos específicos do usuário final, como monitoramento da integridade da máquina ou análise OEE de fábrica.

Muitos fornecedores ainda estão crescendo ~ 40% +
O artigo que descreveu os resultados da pesquisa do cenário das empresas da plataforma IoT de 2017 destacou o fato de que as plataformas líderes estavam crescendo mais de 50% naquele momento. Enquanto as taxas de crescimento estão diminuindo lentamente, a maioria dos provedores mantém taxas de crescimento muito altas (por exemplo, Software AG ~ 50% no terceiro trimestre de 2019 versus terceiro trimestre de 2018).

Em média, o mercado como um todo ainda cresce em torno de 40% e se tornou um mercado de um dígito bilhão de dólares que deve crescer em um território de dois dígitos $ B nos próximos 2 anos.

Manufatura é a principal área de foco das plataformas IoT

Cenário e banco de dados da empresa de plataformas IoT 2020 – por min-setor

Agora, 50% de todas as empresas com plataforma IoT com perfil têm um foco dedicado ao uso industrial / de manufatura. Muitas dessas empresas destacam inúmeros estudos de caso em seu próprio site, que mostram como sua tecnologia ajudou os fabricantes a economizar custos ou capturar novos fluxos de receita.

Os casos de uso típicos das plataformas IoT no espaço de fabricação incluem monitoramento de condições e manutenção preditiva, painéis e visualizações gerais, monitoramento de energia e controle de qualidade.

A SAP se destaca como a empresa com a maioria dos estudos de caso públicos no domínio da manufatura (observe: esse número não significa que a SAP é líder de mercado para plataformas de IoT no domínio da manufatura).

As outras duas grandes áreas-alvo para plataformas de IoT são energia (34%) e mobilidade (32%).

Gostou do artigo?
Ele teve como base a tradução do estudo IoT Platforms Competitive Landscape & Database 2020 da https://iot-analytics.com/.

Vamos agora tropicalizar para uma versão mais real do Brasil? Vou precisar da sua ajuda!

Deixe seus comentários sobre as plataformas que utiliza, que está estudando utilizar, que você conheça ou, se for a sua plataforma, fale o que ela faz e dentro de qual dos 6 pilares ela se encaixa!

E para encerrar o artigo, confira de forma prática como plataforma e dispositivos IOT de inteligência embarcada pode transformar negócios e trazer novas experiências ao consumidor. Case Varejo da Advantech:

 

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Classifique:
5/5

Newsletter IOT

congresso Tudo sobre IoT

Internet das Coisas

O IoT tem como objetivo permitir uma melhor relação entre o mundo físico (as coisas), o mundo biológico (nós) e o mundo digital (a computação).

Eventos

Últimos Videos do Canal

Congresso Online

Industria

Cases IOT

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

Webinários

Inscreva-se em nossa newsletter