Provisionamento Remoto de Simcard

Provisionamento Remoto de Simcard

Confira nosso vídeo e fique por dentro do assunto: Provisionamento Remoto de Simcard

 

 

Aplicações IoT B2B terão dificuldades se permanecer dependentes apenas do SIMCARD tradicional, que é baseado apenas na associação com uma operadora de rede.

A Embedded SIM Specification da GSMA fornece um mecanismo padrão mundial único para o provisionamento e gerenciamento remoto do simcard, permitindo a troca OTA (“over the air”) de uma operadora para outra operadora, sem depender de intervenção manual.

A troca do simcard manual é problemática e o provisionamento remoto resolve uma série de demandas, como:

  • Para produto globais com a troca de operadora local quando o produto é implantado no seu destino/usuário final. Ex.: o produto é fabricado na Alemanha, sairá de lá com uma operadora da região mas quando o produto chega ao Brasil pode assumir a operadora do país. Afinal, não é permitido no Brasil o roaming permanente e há menor latência ao usar operadora local, preservando a qualidade no nível de serviço.
  • Resolve o desafio de gerenciar esses dispositivos em operação (manutenção) quando muitos dispositivos estão localizados remotamente – pela facilidade de configurar serviços a distancia de forma ágil e sem custos logísticos.
  • O ciclos de vida dos produtos IoT são de anos e ter a opção de trocar de operadora após alguns anos em operação analisando cobertura, serviços oferecidos pelas operadoras e tarifas traz vantagem ao modelos de negócios de IoT.

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Classifique:
5/5

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo

congresso Tudo sobre IoT

Internet das Coisas

O IoT tem como objetivo permitir uma melhor relação entre o mundo físico (as coisas), o mundo biológico (nós) e o mundo digital (a computação).

Inscreva-se em nossa newsletter