colaborador-herlon_oliveira

Herlon Oliveira

Formado em Direito e Administração de empresas, 21 anos de experiência no mercado de telecomunicações e tecnologia no Brasil, Diretor de Relações Instituicionais na ABINC (Associação Brasileira de Internet das Coisas), Vice-presidente da Abranet por dois mandatos, Membro do Conselho Consultivo Superior da Telcomp, ativa atuação no Comitê Gestor de Internet (CGI.br) e Anatel, na regulação de telecomunicações e serviços de TI, pós-graduado em Direito das telecomunicações aplicado (FGV), Pós-graduado Direito Online (FGV).

IoT no Agronegócio

O agronegócio foi uma das quatro áreas prioritárias de direcionamento de iniciativas e políticas públicas para o desenvolvimento da IoT no território nacional. 

A escolha tem como foco aumentar a produtividade e relevância do Brasil no comércio mundial de produtos agropecuários, com elevada qualidade e sustentabilidade socioambiental, além de posicionar o país como o maior exportador de soluções de IoT para a agropecuária tropical.
 
Segundo o MCTIC, a estimativa é que até 2025 o impacto do uso das soluções nesta área alcante entre US$ 5 bilhões e US$ 21 bilhões, apoiando uma queda de até 20% no uso de insumos agrícolas e alta de até 25% na produção das fazendas, dependendo do grau de adoção que essas tecnologias atingirem.
 
Na palestra IoT no Agro, você vai descubra como a Internet das Coisas está impactando positivamente o agronegócio com cases reais da Agrus Data e o crescimento do setor que é representativo para o PIB do Brasil (Em 2017, o segmento representou, aproximadamente, 21,59% do PIB).